Fábrica artesanal de vinil chega a Brasilia

por Leonardo Machado 518 views0

Seguindo tendencia mundial, produtor local importou uma máquina de risca para fabricar LPs de maneira artesanal

De acordo com reportagem do Correio Brasiliense o produtor musical brasiliense Biu Ramos através da Lombra Records começa a produzir vinis em Brasilia a partir de Abril.

“Foram quase três anos de negociação. Demorei a convencer o dono original a vender. Depois, tive que enfrentar toda a burocracia de trazer o equipamento, que veio da Alemanha. A máquina passou três meses na alfândega”, conta Biu, que largou a vida de farmacêutico para adentrar a esfera musical. “Cansei do balcão de atendimento. Quero cuidar de música agora.”

O diferencial é que podemos oferecer qualquer tiragem, de um único exemplar a centenas deles

Cada LP deve sair ao custo de, pelo menos, R$ 60. Ou seja, qualquer músico ou grupo da cidade que queira explorar a qualidade da som produzida pelo vinil, já pode vislumbrar a possibilidade de gravar um LP. “O som é superior. O vinil pede ouvidos mais atentos”, recomenda o produtor.

Comments

comments

Loading...