Indicada ao Grammy, Scalene está no ‘Toca Brasília’ da Globo neste sábado

por Leonardo Machado 78 views0

Programa vai ao ar depois do Jornal Hoje; banda foi destaque do SuperStar. Grupo concorre como ‘melhor álbum de rock em língua portuguesa, por ‘Éter’.

Indicada ao Grammy Latino pelo álbum “Éter”, a banda Scalene é tema de especial neste sábado (8) no programa “Toca Brasília”, da TV Globo, que vai ao ar depois do Jornal Hoje.

O grupo, que foi finalista do SuperStar, também da Globo, concorre na categoria “melhor álbum de rock em língua portuguesa”. A entrega do prêmio acontece em 17 de novembro, em Las Vegas.

O Scalene concorre com outros quatro indicados ao prêmio na categoria. Os outros participantes são Boogarins, com “Manual”, Ian Ramil, com “Derivacivilização”, Jay Vaquer, com “Canções de exílio”, e Versalle, com “Distante em algum lugar”.

O Scalene foi formado em 2009 por quatro amigos de infância: Gustavo Bertoni (voz/guitarra), Tomás Bertoni (guitarra/teclado), Lucas Furtado (baixo) e Philipe Nogueira (bateria).

O grupo atua profissionalmente há quatro anos e tem como um dos momentos mais marcantes até o momento a participação no festival Lollapaloosa, em março de 2015, em São Paulo.

Foi um convite da produção do evento e uma experiência ótima, afirmam os músicos.

O Scalene também já se apresentou no South by Southwest, no Texas, Estados Unidos. O nome da banda foi escolhido a partir de um livro.

Quando a gente começou, estava animado para fazer show, só que a gente não pensou em um nome. Estávamos procurando um nome que soasse bem e pegamos um livro. Scalene – palavra derivada de escaleno – emplacou de cara. Foi meio num impulso, mas, deu certo, afirma o baixista Lucas Furtado.

No programa SuperStar, a banda chegou a bater recorde de votação, ao atingir 89%. O Scalene escolheu o cantor Paulo Ricardo como padrinho e recebeu a aprovação dos três jurados ao tocar a música autoral “Surreal”, faixa do álbum “Real/surreal”, primeiro da carreira, lançado em 2013.

A banda tem como referências estilos que vão do folk até o rock, mas procura não se apegar a rótulos. “Fazemos e tocamos músicas que gostaríamos de ouvir”,  diz o vocalista Gustavo Bertoni, responsável pelas melodias das composições.

Comments

comments

Loading...