YouTube começa a pagar direitos autorais para compositores no Brasil

por Leonardo Machado 244 views0

Segundo o Google, compositores brasileiros serão remunerados de acordo com a exposição dos seus trabalhos dentro do YouTube.

O YouTube começou a pagar direitos autorais para compositores no Brasil depois da criação de acordos entre a plataforma de vídeos, editoras musicais e agregadores. A novidade também incide sobre músicas de origem estrangeira que os brasileiros curtem na plataforma, garantindo a remuneração dos artistas responsáveis pelas obras partes de vídeos publicados no site.

O interessante sobre a política do YouTube em relação ao pagamento de direitos autorais é a orientação de garantir o pagamento ao artista, independente de quem tenha realizado o upload da música na plataforma. Sendo assim, mesmo aqueles que se sintam prejudicados pela ação de um fã que publicam suas músicas na plataforma, acabam tendo seus direitos respeitados de alguma forma.

Segundo o YouTube, até o momento, já foram pagos US$ 3 bilhões na forma de royalties à indústria da música no mundo todo. Aqui no Brasil, de acordo com o YouTube, o pagamento dos direitos também será realizado de forma retroativa, de acordo com as leis locais que orientam o assunto.

Como começar a receber pela sua música

imagesPara ter direito de ter seu trabalho reconhecido no Brasil, o artista precisa fazer parte de um agregador ou entidade de registro reconhecido e utilizado pelo YouTube. A lista conta com: ABMI – Associação Brasileira da Música Independente, eMotion, MusicPost, ONErpm e Playax.

Cada um desses agregadores tem como responsabilidade representar o artista e encaminhar a distribuição da sua produção em plataformas digitais. No caso do YouTube no Brasil, para ter direito à remuneração referente aos direitos autorais, o artista precisa estar credenciado a uma delas.

Veja a lista completa abaixo:

1. ABMI
2. eMotion
3. Nikita
4. ONErpm
5. Playax

O anúncio foi feito pelo Google no blog oficial e assinado por Christophe Muller, diretor global de parcerias de música do YouTube e Google Play.


Fonte: techtudo.com.br

 

Comments

comments

Loading...